Que cachorro eu seria?

Quem diz que cachorro é tudo parecido nunca viu um cachorro, né? Sabemos que cada um tem sua particularidade, mas também parece que algumas raças ou tipos têm um jeitinho todo especial, né? Pensando nessa personalidade marcante dos diferentes cães, bora brincar um pouco?
Se você:
  • não curte que fiquem relando sem intimidade
  • apegado(a) com os mais próximos mas não faz questão do resto do povo
  • parece bonitinhboazin mas impõe limites, e se perturbarem vai pra cima mesmo
  • curte um mimo (quem não gosta, não é mesmo?)
  • uma elegância meio inexplicável: perfumadah, não descasca unha quando lava louça, não gruda migalha de comida, pode até ficar sem lavar o cabelo e segue plena (a ciência ainda não entendeu) 
Você pode ser um: Lulu da Pomerânia (ou Spitz Alemão)
"Não sou obrigada a nada, Márcia”
.
.
.
Se você:
  • Faz amizade fácil, arranja assunto com todo mundo
  • Passa trombando nos batentes das portas ou ombros das pessoas porque esquece do próprio tamanho
  • Otimista, sabe que sempre tem uma saída 
  • Sorridente, e brincalhão, tá sempre feliz em participar
  • É o último(a) a ficar cansado no rolê, parece movido a energia solar
Você pode ser um: Golden Retriever ou Labrador
“Te amo! nem te conheço mas já te amo”
.
.
.
Se você:
  • Sabe o segredo das pessoas e nunca passa pra frente, sem fofocas
  • Tem um círculo de poucos e bons amigos
  • Muito leal. Geralmente fica de boa, mas quando mexem com os seus vira um bicho! Nem ameaça, vai direto na jugular
  • É na sua, chama a atenção por essa elegância sem alarde
Talvez você seja um: Akita
“Braba eu, Márcia? Não. Fico na minha de boas, é só me respeitar”
.
.
.
Se você:
  • É parceiro(a) ponta firme, topa todo tipo de rolê, do barzinho na calçada até o bate e volta
  • Pessoa boa de conversar, bater uns papos tranquilos ou mais profundos
  • O pessoal conhece no comércio, no trabalho, no prédio ou na rua. Ninguém tem nem o que falar contra
  • Não tem frescura pra comer, curte de tudo
  • Curte as coisas boas e simples da vida, tipo uma rede, um filminho bem acompanhado, uma gelada
Talvez você seja um: Viralata caramelo
“Comigo não tem tempo ruim não, Márcia”
.
.
.
Se você:
  • Tem coragem e energia de sobra
  • Não se intimida com a dificuldade das situações ou o tamanho dos desafios
  • É bem versátil e dá seu jeito, nem que seja improvisando
  • Tá atento(a) ao que tá rolando por aí e sempre sabe das novidades (fofoca?! credo, que delícia)
  • Tem pavio curto e chega a tremer de ódio, mas não leva desaforo pra casa e já passa a limpo alí mesmo
Você pode ser: um Pinscher
“Volta aqui e fala na minha cara, vai!"
.
.
.
Se você:
  • Até sabe o que tá rolando por aí, e sabe o que vai acontecer também, mas não vai nem opinar em treta alheia (no máximo pega uma pipoca)
  • Já entra nos rolês procurando uma cadeira (lombar chora, deixa dar uma encostadinha)
  • É muito inteligente mas não faz alarde de tudo o que sabe (vai que alguém pede algo depois! eu, hein)
  • Não morde… mas julga
  • Ama tomar sol, se pudesse vivia na base de água de coco, brisa de folha de bananeira e petiscos na espreguiçadeira (ou rede)
Você pode ser: viralata boa-praça
"Pode encher a piscina, só não esvazia minha bacia, Márcia”
.
.
.
Se você:
  • Ouve que tem cara de metido(a)
  • É uma pessoa ativa, curte se movimentar
  • Parece brabo(a) mas é um doce, e odeia quando as pessoas desconsideram seus sentimentos 
  • Muito leal e presente com as pessoas que ama
  • Adora fazer amizades, é divertido(a) e curte brincar, mas sente que à vezes se empolga um pouco e o pessoal assusta - ou não entende
Você pode ser um: Pitbull ou American Bull
“quando se esquecem que sou um bb e fazem grosseria comigo" 
E aí? Que cachorro você é? Não encontrou o seu, comenta que a gente faz a parte 2 ;)